Música da Semana

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

 P!NK - Love Song

 

 

Tradução:

 

Canção de Amor

 

Eu nunca escrevi uma canção de amor
Que não terminasse em lágrimas
Talvez você reescreva minha canção de amor
Caso você possa substituir meus medos
Preciso de sua paciência e direção
E todo seu amor e mais

Quando trovões circulam através da minha vida
Será que você está disposto a vencer essa tempestade?
Há muito que eu gostaria de lhe dar, querido
Se ao menos eu conseguisse
Há uma inundação de emoções
Que sinto que devo proteger
Mas qual é o ponto dessa proteção
Se isso mantém o amor distante, também?
Eu prefiro sangrar com cortes de amor
Ao invés de viver sem cicatrizes
Eu posso confiar?
Ou será que todas as coisas terminam?

Eu preciso ouvir que você morrerá por mim,
De novo e de novo e de novo
Então diga-me quando você olha em meus olhos
Você consegue compartilhar todas as dores e os momentos felizes?
Pois amarei você paro o resto de minha vida

Essa é minha primeira canção de amor
Que não terminei em lágrimas
Acho que você reescreveu minha canção de amor
Para o resto de meus anos
Amarei você para o resto de minha vida



P!NK cantando em versão acústica 
(a imagem não é das melhores, mas o importante é o som)

Mafalda, a sinceridade em forma de tirinha!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Mafalda foi uma tira escrita e desenhada pelo cartunista argentino Quino. As histórias, apresentando uma menina (Mafalda) preocupada com a Humanidade e a paz mundial que se rebela com o estado atual do mundo, apareceram de 1964 a 1973, usufruindo de uma altíssima popularidade na América Latina e Europa.

A minha preferida (até o momento)


Personagens

  • Mafalda: A personagem principal, uma menina de seis anos de idade, que odeia sopa e adora os Beatles e o desenho Pica-Pau. Ela se comporta como uma típica menina na sua idade, mas tem uma visão aguda da vida e vive questionando o mundo à sua volta, principalmente o contexto dos anos 60 em que se encontra. Tem uma visão mais humanista e aguçada do mundo em comparação com os outros personagens.
  • Papá: O pai trabalha em uma companhia de seguros, adora cultivar plantas em seu apartamento e entra em crise quando repara na sua idade.
  • Mamã: Típica dona de casa, não completou os estudos (por isso é vista como medíocre pela Mafalda), entra em conflitos com a filha quando prepara sopas e macarrão.
  • Filipe (Felipe): Um sonhador que odeia a escola, mas que freqüentemente trava intensas batalhas com sua consciência e seu senso nato da responsabilidade. Foi inspirado pelo jornalista Jorge Timossi, um amigo de Quino.
  • Manolito (Manuel Goreiro "Manelito"): O filho de um comerciante, mais preocupado com os negócios e dinheiro do que com outra coisa, não gosta dos Beatles e é um estudante que tira notas baixas (menos em matemática, por causa das contas que aprende no mercado do pai). Representa o conservadorismo capitalista na obra, apenas pensando no lucro do armazém de seu pai. Também adora inflações dos preços, pois assim acha que está lucrando.
  • Susanita (Susana Beatriz Clotilde Chirusi): Uma menina fútil. Seu único objetivo na vida é encontrar um marido rico e de boa aparência quando crescer e ter uma quantidade de filhos acima da média. É uma grande fofoqueira e egoísta, e sempre encontra um jeito de falar sobre o vizinho do irmão da cunhada de alguém.
  • Guille "Gui" (Guillermo, "Guilherme"): O irmão caçula da Mafalda, esperto para sua idade, é retratado como uma criança que começa a perceber o mundo.
  • Miguel "Miguelito" Pitti: Amigo de Mafalda, um pouco mais jovem do que os outros. Filho único, com um personalidade única, mas com um coração enorme. Miguelito tem dificuldade de compreender o que Mafalda pensa, sempre entendendo os conselhos de sua amiga de maneira literal. Além disso é um personagem egocêntrico, que parece achar que o mundo gira à sua volta.
  • Liberdade (Libertad): Uma minúscula menina. Todos fazem o comentário óbvio sobre seu nome. Gosta das coisas simples da vida e seus pais são jovens idealistas, a mãe é tradutora, o pai trabalha em um "empreguinho", por isso moram em um pequeno apartamento.
  • Burocracia: É a tartaruguinha dada por seu pai a Mafalda e Guile. Foi batizada por Mafalda por ser tão vagarosa, só aparece a partir do livro "as férias da Mafalda".


Pior que eu ri



As tirinhas da Mafalda são um tipo de recurso não-verbal, usado freqüentemente em avaliações das mais diversas disciplinas, por esse algo que vai muito além do quesito divertir. É uma forma mais simples e quase imperceptível, de se questionar sobre as mazelas sociais.
Através desta personagem tão preocupada com o todo, e não só com ela mesma, podemos aprender ‘’mais leve’’, que o mundo não gira em torno do nosso umbigo e que muito menos, podemos nos esquivar de todos os problemas que assolam a nossa sociedade. O que prejudica uns, prejudica de todos. Direta e ou indiretamente.
Pois já passou da hora de nos desligarmos dessa bolha em que insistimos em vivermos sós e passarmos a nos preocupar mais com os outros.  Vamos olhar mais para o que está ao nosso redor e perceber, que nada se constrói sozinho, que nenhuma estrutura permanece intacta, sem uma base forte e fixada. E principalmente, se faz necessário compreender, que não sociedade, encontra o equilíbrio, quando os indivíduos não se aceitam e nem se ajudam. 

Conclusão: Fácil é falar, difícil é dar o primeiro passo para fazer a diferença, a revolução!


Herlene Santos 



E você? O que acha das tirinhas da Mafalda e todo o contexto que englobam?
Deixa seu comentário, contando a sua opinião! 


Fonte de pesquisa dos textos em itálico: Wikipédia
Fonte de pesquisa das tirinhas: Google Imagens

25 DE NOVEMBRO: Dia Internacional de COMBATE E LUTA à Violência Contra as Mulheres!



 Entendendo a história:

''Neste dia nos recordamos da tragédia que ocorreu em 25 de novembro de 1960, em memória das valentes irmãs mártires que arriscaram suas vidas, na República Dominicana e as ofereceram efetivamente pela causa da mulher e da liberdade.

As irmãs Mirabal cresceram em uma zona rural, no município de Salcedo (hoje província). Quando Trujillo chegou ao poder, a família das irmãs perdeu a casa e todo o seu dinheiro. As irmãs acreditavam que Trujillo levaria o país ao caos econômico e, então, formaram um grupo de oposição ao regime se tornando conhecidas como "Las Mariposas" ( As Borboletas ).


Nas veias das mulheres, a poesia sempre movimentou a Luta. A luta é feminina por excelência. A alma das mulheres sempre acalentou todos os sonhos de liberdade. Las Mariposas, como eram conhecidas as irmãs Mirabal – Patria, Minerva e Maria Teresa – foram brutalmente assassinadas pelo ditador Trujillo em 25 de novembro de 1960 na República Dominicana. Neste dia, as três irmãs regressavam de Puerto Plata, o­nde seus maridos se encontravam presos. Elas foram detidas na estrada e foram assassinadas por agentes do governo militar. A ditadura tirânica simulou um acidente. Minerva e Maria Teresa foram presas por diversas vezes no período de 1949 a 1960. Minerva usava o codinome “Mariposa” no exercício de sua militância política clandestina. Este horroroso assassinato produziu o rechaço geral da comunidade nacional e internacional em relação ao governo dominicano, e acelerou a queda do ditador Rafael Leônidas Trujillo.


Em 17 de dezembro de 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou que 25 de novembro é o Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher, em homenagem ao sacrifício de Las Mariposas.
Em 1995, a escritora dominicana Julia Álvarez publicou o livro No Tempo das Borboletas, baseada na vida de Las Mariposas, e que em 2001 se tornou um filme. A sua história é também recordada no livro A Festa do Chibo, do peruano Mario Vargas Llosa.''

 (Fonte)



''Na esfera jurídica, violência significa uma espécie de coação, ou forma de constrangimento, posto em prática para vencer a capacidade de resistência de outrem, ou a levar a executá-lo, mesmo contra a sua vontade. É igualmente, ato de força exercido contra as coisas, na intenção de violentá-las, devassá-las, ou delas se apossar.
 
Existem vários tipos de armas utilizadas na violência contra a mulher, como: a lesão corporal, que é a agressão física, como socos, pontapés, bofetões, entre outros; o estupro ou violência carnal, sendo todo atentado contra o pudor de pessoa de outro sexo, por meio de força física, ou grave ameaça, com a intenção de satisfazer nela desejos lascivos, ou atos de luxúria; ameaça de morte ou qualquer outro mal, feitas por gestos, palavras ou por escrito; abandono material, quando o homem, não reconhece a paternidade, obrigando assim a mulher, entrar com uma ação de investigação de paternidade, para poder receber pensão alimentícia.

Mas nem todos deixam marcas físicas, como as ofensas verbais e morais, que causam dores,que superam, a dor física. Humilhações, torturas, abandono, etc, são considerados pequenos assassinatos diários, difíceis de superar e praticamente impossíveis de prevenir, fazendo com que as mulheres percam a referencia de cidadania.


A violência contra a mulher, não esta restrita a um certo meio, não escolhendo raça, idade ou condição social. A grande diferença é que entre as pessoas de maior poder financeiro, as mulheres, acabam se calando contra a violência recebida por elas, talvez por medo, vergonha ou até mesmo por dependência financeira.

Atualmente existe a Delegacia de Defesa da Mulher, que recebe todas as queixas de violência contra as mulheres, investigando e punindo os agressores. Como em toda a Polícia Civil, o registro das ocorrências, ou seja, a queixa é feita através de um Boletim de Ocorrência, que é um documento essencialmente informativo, todas as informações sobre o ocorrido visam instruir a autoridade policial, qual a tipicidade penal e como proceder nas investigações.

Toda a mulher violentada física ou moralmente, deve ter a coragem para denunciar o agressor, pois agindo assim ela esta se protegendo contra futuras agressões, e serve como exemplo para outras mulheres, pois enquanto houver a ocultação do crime sofrido, não vamos encontrar soluções para o problema.

A população deve exigir do Governo leis severas e firmes, não adianta se iludir achando que esse é um problema sem solução. Uma vez violentada, talvez ela nunca mais volte a ser a mesma de outrora, sua vida estará margeada de medo e vergonha, sem amor próprio, deixando de ser um membro da comunidade, para viver no seu próprio mundo.

A liberdade e a justiça, são um bem que necessita de condições essenciais para que floresça, ninguém vive sozinho. A felicidade de uma pessoa esta em amar e ser amada. Devemos cultivar a vida, denunciando todos os tipos de agressões (violência) sofridas.''

(Por Renato Ribeiro Velloso - Fonte)




O objetivo principal deste 25 de Novembro é que se promova ações  que estimulem um maior compromisso social por parte dos Estados “para prevenir, punir e erradicar a violência contra mulheres e meninas eerecer plena  defesa dos direitos humanos e promoção da saúde integral”. 
 (Fonte)


Descubra-se!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011


Entre em um universo novo. É hora de renascer. De reinventar-se. Nada permanece bom, quando estaciona no passado. O presente pede por iniciativa e o futuro espera que você aguente firme até lá.

Brilhe, como se nada nunca houvesse ofuscado a sua luz própria. Olhe-se no espelho e veja o quão linda você é. Desse jeito mesmo. Sem mudar por pressão alheia. Pois não é mundo recheado de rótulos e estereótipos, que vai lhe fazer se sentir inferior aos demais. 

Perceba suas qualidades. Que assim, logo elas serão notadas pelos outros. Só somos recebidas com sorrisos, quando sorrimos também. Então sorria muito, até que suas bochechas doam. Mas não se preocupe. Isto é um exercício facial, que contribui para o bem da alma e do coração.

Brinque de ser feliz, sem aquele medo de que tal felicidade seja pra valer ou não. Perdemos muito tempo de nossas tão curtas vidas, porque ficamos sempre imaginando que ainda vai acontecer e esquecemos-nos de viver com todas as forças possíveis, o agora. Dessa forma, a existência torna-se algo simplório, triste e monótono.

Agite seus dias e faça o que de melhor saber fazer, ser você mesmo.


Impressionada

quarta-feira, 23 de novembro de 2011


Ah, tudo começa assim. Quando menos percebo, já estou amando de novo. É impossível prever, só sei que acontece com mais frequência do que posso imaginar. Ele vira pra mim e solta aquele sorriso arrebatador. Derreto-me. Ficou mais louca que o normal. É intenso o sentimento de gostar de alguém. É profundo. É carne e alma. 

Aquela vontade incontrolável de desejar que o mundo inteiro desapareça e que restemos apenas nós dois. Aquela vontade desesperada de que ele perceba logo o que estou sentido e que eu consiga fazer o mesmo quanto ao que ele sente. 

Sabe, quando você se apaixona, você começa a se impressionar com tudo que outra pessoa, acaba demonstrando. Um olhar diferenciado pode significar forte atração. Um sorriso então, nem se fala. Sorrisos têm o poder de acabar com qualquer coração, mas de uma forma bonita, é claro.

O ruim é quando não passa disso. Apenas hipóteses. E você fica se perguntando, se o tal amor está sendo realmente correspondido, ou se não passa de mais uma trapaça armada por este seu jeito de gostar demais.

Aprende com o que já viveu. Você apaixona-se demais. Ama demais. Mais cautela. Mais cuidado. Destruir-se aos poucos e ser tomada pelas próprias emoções extremas, não resolve nada.

Mas não desiste. Resguarda-se. Luta. Não pense em respirar por ele. Respira COM ELE. Com certeza, é bem mais prazeroso.

De casulo à Borboleta

terça-feira, 22 de novembro de 2011


Os dias passaram e as mudanças aconteceram. Uma revolução interna foi iniciada. Ela nunca mais será a mesma. Está melhor. Mais viva. Mais plena. Ganhou uma confiança nova. Está renovada. Renasceu quando menos esperou que isso fosse acontecer.

Antes, você jamais poderia imaginar até onde ela conseguiu chegar. Quem está de fora da história, não tem capacidade para reconhecer suas pequenas vitórias, pois não sabe o quão difícil foi para alcançá-las. Mas agora ela se importa menos com os outros. 

Óbvio, que obstáculos e implicações ainda existem e sempre vão existir. Mas de certa forma, neste momento eles estão mais reduzidos do que em relação ao início da jornada. A fase é boa e ela precisa saber administrar isso, para não perder o rumo. Com certeza, vai superar. Faz drama, mas no final, acaba chegando ao seu objetivo.

Por favor, não cometa o equívoco de acreditar que a vida dela será perfeita a partir de agora. Evidente que não. Ela encontrou seu ponto de equilíbrio, que procurou por todos esses anos. Não é definitivo, mas é o que ela possui e vai aperfeiçoá-lo. Tudo está apenas começando. 

A maturidade só vem com as quedas. E não duvide, ela já caiu muito. Mas a força de sua alma foi superior a qualquer outra coisa e ela pode se levantar. Apesar de tudo, de todo o fardo a carregar, ela quis se reerguer. Está de pé. Uma rocha tomada por emoções intensas e constantes.

Mas não, ela não está tão feliz ao ponto de sair por ai, espalhando sua felicidade na cara de ninguém. Ela está um pouco mais tranquila. Um pouco mais, gostando de si mesma e desejando que os outros percebam essa revolução. Não é a toa, que ela contou tudo isso, para que vocês ficassem mais calmos quanto a sanidade mental desta Borboleta.

Dignidade mandou lembranças.

domingo, 20 de novembro de 2011

Antes de começar o post propriamente dito, vamos ao conteito de DIGNIDADE, segundo a Wikipédia:

''A dignidade é a palavra que define uma linha de honestidade e ações corretas baseadas na justiça e nos direitos humanos, construída através dos anos criando uma reputação moral favorável ao indivíduo. Respeitando todos os códigos de ética e cidadania e nunca transgredindo-os, ferindo a moral e os direitos de outras pessoas. Ser digno é obter merecimento ético por ações pautadas na justiça, honradez e na honestidade.''


O maior problema, é que nós achamos que vamos viver para sempre, que somos imortais, que nada pode nos deter. Não, talvez esse não seja o maior. O pior vem com o que você começa a fazer, quando imagina que as coisas acontecem dessa forma. 

A pessoa que se acha superior a tudo e a todos, não está nem ai para o que vão achar de suas ações e atitudes erradas. Tal pessoa faz tudo que tiver ao seu alcance, em tentativa desesperada, de aparecer a qualquer custo. 


Elas deveriam aprender o seguinte: ''Não é você que tem que provar que é bom em algo, se você realmente for bom, os outros vão perceber isso.'' Por que não, se espelhar em uma regra tão clara? Lógico, agir de forma desenfreada é bem mais prático. Até parece, que os resultados não serão catastróficos.

É aquela velha história, do indivíduo, possuir uma necessidade incontrolável dentro de si próprio, de ser aceito, de achar o todo poderoso, o rei da manada. Mas não é bem assim que deve acontecer. 

Os verdadeiros líderes são reconhecidos por suas marcantes características, de busca constante pela igualdade, por zelar pela justiça, e principalmente, que eles não estão à frente dos outros porque são melhores ou coisa do tipo, e sim, por saberem lidar com tais diferenças.

''Tirinhas e Memes da Semana'': Para os viciados/maníacos em Facebook.

Percebi que o blog estava ficando sério de mais (apesar de ser esse mesmo, o propósito) resolvi então trazer um pouco de humor para os meus queridos e minhas queridas leitoras. Saudades de post para dar muita risada né? Então reativei a tag Tirinhas (e Memes) da Semana e o tema é, a rede mais popular da atualidade. Claro que estou me referindo ao FACEBOOK. Se você faz parte do nação de viciados neste rede, veja as tirinhas que encontrei no Google e se identifique, caso contrário, se tornará mais um que viverá online, a partir de agora!

Quem nunca???

Oi, eu sou do Facebook e você? Hahaha Vício!

Será? Hahaha

Forever alone? On Facebook, no!


Curti!

A mais pura verdade!


 Deixe seu comentário, 
dizendo o que achou deste post 
e se gostaria que o blog tivesse mais humor ;) 
Valeu! 
Herlene Santos

Vestígios de Esperança.

sábado, 19 de novembro de 2011


 Viver significa passar por inúmeros obstáculos, conflitos, provações... A cada novo dia, aparece uma desconhecida etapa, que deve ser ultrapassada, superada. Não é recomendável desviar delas. Para que o destino faça seu trabalho com maestria, devemos seguir o rumo mais coerente. Como saber qual é? Não se preocupe. O coração nessas horas, nunca falha. Ele é que indicará qual direção seguir. O importante é obedecer a esta ''ordem''.

Mas além de seguir todos estes passos, o principal deve vir da nossa mente. Precisamos, fervorosamente, ACREDITAR que tudo irá dar certo. Do que adianta fazer as coisas ''como manda o figurino'' , se você não pensar positivo? Não é fácil. É mais prático, crer que o pior irá acontecer. Mas quanto mais certeza você tem do pior, mais esse, está propício a ocorrer. 

Então, pense positivo, mesmo que tudo esteja te fazendo imaginar o contrário. Pensar positivo é a única decisão a se tomar, visando que as coisas em sua vida, comecem a fluir da maneira desejada.

O perigo se finge de amigo.



O problema é a ilusão.
É achar que todo mundo é amigo,
É achar que todo mundo é irmão
Contei a história da minha vida a um desconhecido,
Que triste erro.
Pois era mais um fulano sem sentido.
A gente pensa que todo mundo é confiável.
Mas vamos refletir melhor,
Nem todo mundo é tão amável.
Os atores e as atrizes da mentira,
Fazem-te acreditar facilmente
Que eles não vão se armar de ira.
É decepcionante quando a cobra se revela.
Melhor onça domada,
Do que cobra se fazendo de bela



Indicação: Garotas Dizem, o blog da Lorenna Guerra!

sexta-feira, 18 de novembro de 2011


Não sou muito de fazer indicações de sites ou blogs aqui, porque quando gosto de uma coisa, acabo querendo guardá-la só pra mim (como se isso fosse possível), mas desta vez, foi necessário uma mudança de atitude, então vou indicar para vocês, um blog lindo, que particularmente, amo e acho que quando vocês o conhecerem, vão amar também e muito. 

Estou me referindo ao fofíssimo, GAROTAS DIZEM. Que possui um extenso conteúdo de qualidade voltado para o mundo feminino. Mulher, adolescente, procura um lugar para se inspirar em roupas? Maquiagens? Acessórios? Acessa já o Garotas Dizem, que lá você vai encontrar o que precisa. 

E quem pensa que tal blog, se limita a este tipo de assunto, está muito enganado. Lorenna Guerra, a dona do Garotas Dizem, faz com que suas postagens, sejam sempre as melhores possíveis , na busca de agradar ao máximo, suas fiéis leitoras diárias. 


Lorenna Guerra é daquele grupo de blogueiras, que é impossível não se encantar com este jeito tão carismático e ''vidente'' de ser. Parece mágica, e elas, sempre acabam acertando no que nós necessitamos ler. Como uma grande amiga, que mesmo distante, nos ajuda constantemente.

Está com dúvidas sobre como passar suas preciosas horas na internet? Navegue por estas páginas >>> http://www.garotasdizem.com/ <<< Não irá se arrepender nem um pouco!

As cores da Vick

Hey, Tia Vick mais uma vez aqui, e nada de textos melosos, hoje o tema do post é uma coisa que as meninas adoram e tem se tornado um verdadeiro vício: ESMALTES!
Aqui vou mostrar minha própria coleção, humilhante perto de umas que tenho visto por aí, mas são meus queridinhos. E mostrarei também minhas 4 cores preferidas de esmalte e ainda um vídeo/tutorial sobre como fazer unhas de ONCINHA.

Primeiramente, está é a minha coleção pessoal:


E estas, são as minhas cores preferidas: 
1- Rock - Coleção da Ana Hickmann


2- Preto Sépia - Risqué


 3- Esmalte Craquelado (preto) - Bella Chick


4- Glamuor -Super Pérola - Eliana


Então, quem ainda não tem algum desses esmaltes e gostou, basta procurar na região onde você mora... Nas casas de cosméticos, farmácias, nos supermercados ou outros lugares.
Espero que tenham gostado, segue aqui um vídeo de como fazer uma das unhas que eu mais amo e que demorei bastante pra conseguir fazer (tentar), unhas de oncinha: 



 
Tia Vick vai ficando por aqui, e eu gostaria de saber de vocês, caras leitoras, quais são seus esmaltes favoritos? E vocês têm coleção? Já fizeram unhas divertidas? Se sim, mandem as fotos para o e-mail blogdescomplicando@yahoo.com.br e contem um pouco da história de amor de vocês, para com os esmaltes, que postaremos aqui no blog. Que tal?               


Beijos! ''No lies, just love''.
Por Victória Lima.


Eles tão Intelectualizados

quinta-feira, 17 de novembro de 2011




Sabe aqueles momentos em que você se sente plenamente bem, por ter dedicado horas do seu dia para um ''papo cabeça''? A expressão pode parecer ao primeiro olhar, um pouco quanto ultrapassada, mas é ela mesma que resume de forma plena, tal conversa.

Então, se esta prática se torna tão proveitosa, por que insistimos em perder tanto tempo de nossas vidas com assuntos nada relevantes? Muitas pessoas seguem esta regra a risca e isso, sinceramente, não dá pra compreender. 

Muitos escolhem por discutir sobre futilidade e assunto sem nexo, não que isto seja completamente errado, mas quando acontece de repetidamente, torna-se sem sentido, sem razão, sem lógica.

Do que nossa sociedade atual precisa urgentemente, é de indivíduos indispostos a contribuírem da maneira mais POSITIVA possível, para o bem do coletivo. Sim, individualismo faz parte da essencial humana, mas o coletivismo se faz necessário na busca da tão sonhada, igualdade social.

E qual a razão desta busca? Se nós prezamos tanto, a sustentabilidade de uma cultura na formação de um povo melhor, ou seja, com facilidade de compreender as diferenças uns dos outros, nada mais justo que ‘’igualar todos’’ em mesmo patamar de importância. 

Evidente que há controversas quando se trata de afirmar que as pessoas são iguais ou completamente distintas... Mas pra quê, lição de vida melhor, do que nos completarmos em nossas particularidades? Completamo-nos, quando partilhamos ideias, pensamentos, opiniões. 

Não há nada mais satisfatório, do que contribuir para o enriquecimento, do conhecimento alheio. E assim, ao mesmo tempo, temos cada vez mais certeza de que, ''é impossível ser feliz sozinho''.

Sobre a República Federativa do Brasil.

terça-feira, 15 de novembro de 2011



Hoje, 15 de novembro, uma grande parte dos brasileiros, se não todos, está extremamente feliz pelo fato de ser feriado nacional. Obviamente quem não gosta de feriadozinho no meio da semana? Ótimo pra repor as forças para agüentar os dias úteis que ainda estão, mas este não é bem o acaso.  O tema em pauta aqui é o motivo deste feriado, ou seja, a PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA. Base onde está fundamentada a democracia brasileira. 

Vamos entender melhor o fato histórico: 
''No final da década de 1880, a monarquia brasileira estava numa situação de crise, pois representava uma forma de governo que não correspondia mais às mudanças sociais em processo. Fazia-se necessário a implantação de uma nova forma de governo, que fosse capaz de fazer o país progredir e avançar nas questões políticas, econômicas e sociais.''

Dessa forma, entende-se que ato da proclamação foi realmente fundamental para fazer valer o progresso de um país tão delimitado ao domínio de terceiros. Equívoco pensar que assim o Brasil se viu livre de todo e qualquer poder português ou de quem desejasse aqui instalar por mais tempo ainda, um sistema voltado completamente para o excesso de autoridade. Revoluções não acontecem de um dia para o outro, mas o primeiro passo, precisa ser dado. E foi isso que aconteceu em 15 de novembro de 1889. 

''[...] o Marechal Deodoro da Fonseca, com o apoio dos republicanos, demitiu o Conselho de Ministros e seu presidente. Na noite deste mesmo dia, o marechal assinou o manifesto proclamando a República no Brasil e instalando um governo provisório.
Após 67 anos, a monarquia chegava ao fim. No dia 18 de novembro, D.Pedro II e a família imperial partiam rumo à Europa. Tinha início a República Brasileira com o Marechal Deodoro da Fonseca assumindo provisoriamente o posto de presidente do Brasil. A partir de então, o pais seria governado por um presidente escolhido pelo povo através das eleições. Foi um grande avanço rumo a consolidação da democracia no Brasil.''

As mudanças então começaram a surgir em escala crescente, visando um futuro melhor e mais igualitário para a população. Tal discurso pode aparentar fortes traços de utopia. Mas, acreditar que esta ação foi essencial e verdadeira, para a formação de uma nação mais justa, se faz necessário. Pois só assim, é possível nutrir uma sólida ligação com o nosso povo, com a nossa gente. Mantendo sempre, uma contante esperança de dias mais amenos. Porque afinal de contas, o povo deve ter noção de sua história, de seu passado, para conseguir entender o presente e almejar um futuro de sonhos e realizações. 




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...