Sessão Halloween: O Corvo (The Crow).

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Sinopse
Eric Draven e sua noiva Shelly são brutalmente assassinados na Noite do Demônio (Devil's Night), a noite que precede o Halloween. Um ano depois, Eric volta do mundo dos mortos guiado por um corvo. Inicialmente sem lembranças do ocorrido, volta ao seu antigo loft onde recobra as memórias e a dor da morte. Eric pinta em seu rosto os traços de um palhaço feliz e distorcido e inicia uma caçada para vingar-se de seus assassinos.
Os bandidos são mortos um a um, até que Eric, com o auxílio do sargento Albrecht, se encontra com o maior criminoso da cidade, Top Dollar e a sua irmã, que, entretanto conseguiu apanhar o corvo. Ela descobriu que o sofrimento do corvo (pássaro) seria transposto para Eric, colocando assim a sua imortalidade em perigo.



Cheguei mais cedo do colégio, e por ser 31 de outubro, data em que se comemora o Hallowen (principalmente nos Estados Unidos) tive a oportunidade de assistir ao consagrado filme O Corvo’’ (The Crow), que por sinal, eu gostei bastante. Tal produção cinematográfica foi lançada em 1993/1994 (não sei ao certo) e contou com a direção de Alex Proyas. 

‘’O Corvo’’ é filme que ao primeiro olhar você imagina logo, que se trata de algo forçado e sem sentido, mas com certeza, não é nada disso. Aos poucos, você vai se envolvendo com o enredo. Uma história contada por uma menina que perdeu seus verdadeiros amigos em um assassinato brutal ganha um novo contexto, a partir do momento que se compreende qual a emoção que quer passada através da trama. 

O ambiente das cenas é sempre sombrio e você tem a impressão que a noite não tem mais fim. O clima obscuro, repleto de dor e sofrimento e as inúmeras lutas protagonizadas por Brandon Lee tomam conta de todo o cenário, prevalecendo apenas o sentimento de amor eterno que Eric tem por Shelly, que de tão intenso, foi maior que a morte dos dois, fazendo-o retornar ao mundo dos vivos em busca de justiça e vingança pelo o que fizeram com sua amada. 

Sarah, a menina solitária e grande amiga do casal principal, é também uma responsável pelos altos índices de emoção que compõem tão magnífico filme. A amizade e carinho que ela sentia por Eric e Shelly era realmente sincero, e isso faz com que as cenas que Sarah procura por Eric no loft e na que eles se despendem no cemitério, onde ambas, os dois se abraçam, sejam algumas das mais tocantes.

‘’O Corvo’’ seria COMPLETAMENTE perfeito, se não fosse por um terrível e trágico motivo. A realização deste filme foi marcada pela morte de Brandon Lee, filho de Bruce Lee. Uma das cenas rodadas para o filme requeria que uma arma fosse carregada, engatilhada e apontada para a câmera, mas, por causa da curta distância do take, a munição carregada era de verdade, mas sem pólvora

Após a realização desta cena, o assistente do armeiro (não o armeiro, que já havia deixado o set) limpou a arma para retirar as cápsulas, derrubando um dos projéteis no cano. A cena seguinte a ser filmada envolvendo aquela arma era o estupro de Shelly, sendo que a arma foi carregada com festim (que normalmente tem duas ou três vezes mais pólvora do que um projétil normal, para fazer um barulho alto). Lee entrou no set carregando uma sacola de supermercado contendo um saco de sangue explosivo.

No roteiro constava que Funboy deveria atirar em Eric Draven quando ele entrasse na sala, estourando o saco de sangue. O projétil que estava preso no cano foi disparado em Lee através da sacola que ele carregava, matando-o. 


Houve rumores de que os negativos com a filmagem de sua morte teriam sido destruídos sem que nunca fossem revelados. No entanto, segundo fontes extra-oficiais, a trágica cena foi incluída na edição final do filme. Existe praticamente um consenso entre os defensores dessa tese a respeito de qual é a tétrica cena: trata-se do momento em que Eric Draven, o personagem de Brandon, é alvejado por diversos policiais e o impacto do tiro que o matou arremessa o seu corpo para trás, fazendo com que ele atravesse a janela às suas costas. É provável que realmente seja essa cena, pois há uma nítida incoerência na continuidade: Eric, alvejado, atravessa a janela de costas e está caindo em direção ao chão, mas na tomada seguinte(quando os estilhaços do vidro ainda estavam caindo ao solo) ele já está ereto e se agarra ao parapeito da sacada do prédio, inclusive já estando de frente para o mesmo, algo que seria inteiramente impossível. 

Em toda a sequência seguinte à cena da quebra da janela, quando Eric foge da perseguição policial, o seu rosto não é focalizado em momento algum pela câmera, exceto já quase ao final da mesma e de forma bem rápida e ainda estando parcialmente encoberto, quando ele se levanta após uma queda. Em slow-motion, no entanto, é possível verificar que o rosto do ator que interpreta Eric Draven naquele momento não tem nem sequer a mais remota semelhança com a fisionomia de Brandon, sendo que nesta cena não se fazia necessária a presença de um dublê, pois não se trata de uma cena perigosa, apenas se levanta do chão e sai andando, a cena rendeu a Brandon Lee muita popularidade e após sua morte The Crow ainda teve continuidade, porém, sem o expressivo sucesso do primeiro filme.

Nos créditos finais do filme, os produtores incluíram uma homenagem a ele e sua noiva, Elisa Hutton. Sobre o fundo preto, aparece escrita a frase em branco: "For Brandon and Elisa." O casamento de ambos se realizaria no dia 17 de abril de 1993, no México. 
Brandon, porém, morreu menos de três semanas antes, em 31 de março daquele ano.

Brandon Lee, sem dúvida alguma, foi um astro do cinema, que nos deixou cedo demais, e por circunstâncias, que causam grande revolta nos admirados de seu trabalho. Por terem sido ocasionadas pela imprudência de terceiros. 

Uma atuação esplêndida, é que como podemos de certa forma definir Brandon em ‘’O Corvo’’. Ele, parece que de maneira sobrenatural, fez de seu último o mais maravilhoso possível.


 ''No passado, as pessoas acreditavam que, quando alguém morria, um corvo carregava sua alma para a terra dos mortos. Mas às vezes, acontece algo tão ruim que uma tristeza terrível é levada junto com a alma, e a alma não consegue descansar. Mas às vezes, somente às vezes, O Corvo consegue trazer a alma de volta para resolver o que está errado..." (Frases do começo do filme)


''Não pode chover o tempo todo. O céu não pode cair para sempre.
E embora a noite pareça longa, suas lágrimas não podem cair para sempre.''



"QUANDO A PESSOA QUE AMAMOS É TIRADA DE NÓS,A ÚNICA MANEIRA DE MANTÊ-LA VIVA DENTRO DO NOSSO CORAÇÃO É CONTINUÁ-LA AMANDO,PRÉDIOS QUEIMAM,PESSOAS MORREM, MAS O AMOR VERDADEIRO É ETERNO".(frase final do filme) 

Para sempre, Brandon Lee



 Fonte de pesquisa: Wikipédia
 Leia mais sobre a trágica morte do filho de Bruce Lee, clicando aqui  

Não esqueça de deixar o seu comentário ok?

Playlist: ''Dar a volta por cima!''

quinta-feira, 27 de outubro de 2011


 Passar por momentos complicados é algo inevitável para o ser humano, mas buscar formas leves de amenizar a dor é opcional. Mas se temos a chance de fazê-la, por que ignorar tal oportunidade? Não será nada que irá resolver o problema de uma vez por todas, mas sem dúvidas, trará uma paz e tranquilidade, que são essenciais em momentos assim.  E tem coisa melhor do que música? Muitos podem até afirmar que tem, mas na música, acontece uma coisa mágica. Você reflete sobre a sua vida. Só você. Algo bem introspectivo. Relação alma, cabeça e coração. 

1- Demi Lovato: Skyscraper 
''I will be rising from the ground
Like a skyscraper!''.



 2 - Rihanna: Take a Bow
 ''But it's over now (but is over now)
Go on and take a bow''.


 
3- Selena Gomez: Who Says
 ''Who says you're not worth it
Who says you're the only one that's hurting''



 
4- Katy Perry: Firework
''Cause baby you're a firework''


 
5- Jessie J : Who's Laughing Now? 
'' But who's laughing now?''



Espero que tenham gostado! E não esqueçam, de deixar seus comentários...  Ok?
Se tiver uma indicação de música legal pra ''dar a volta por cima'', conta pra gente!


Texto de introdução: Herlene Santos
Indicações Musicais: Tia Viick


Hidden Love

terça-feira, 25 de outubro de 2011


Eu te amo aqui, quieta no meu canto. Amo-te do meu jeito e não quero que me digam formas para te amar. Só eu, conheço você de verdade. Só eu sei, que por trás dessa casca estilo ‘’não faço questão alguma de ser legal’’, você acaba sendo super legal comigo. 

Aconteceram mudanças e você fez parte delas. Você está renovado. Mais doce. Um pouco ainda amargo. 

Mas agora eu te amo intensamente. Com cautela. Estou na espera. 

Minha visão sobre você se transformou. Vejo-te mais humano, mais próximo a mim. Antes você era completamente distante. Não dizia não nem sim. Agora o globo girou. Virou. Revirou. E você veio parar do meu lado. Mas de nada adianta, pois para o vento não posso gritar que te amo. As árvores podem espalhar segredos. As folhas podem criar exageros.

Estou aqui, ainda parada no mesmo lugar. Não fui te procurar. Apenas meus olhos te caçavam. Continuo aqui, e você insiste em atiçar o que dentro de mim não pode existir.

Levantando Voo

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

 Como vocês podem lembrar, relatei um pouco dos meus medos e angústias sobre o vestibular e o que será do meu futuro, no post ‘‘Preparada para Voar?’’. Ainda estou tomada por muitos daqueles sentimentos ou até por outros. Mas agora, tudo isso já não é tão amedrontador assim, porque no dia 1º de outubro (sábado) eu prestei o vestibular pela 1ª vez na minha vida. Nossa, fique tão nervosa e ansiosa nos dias que antecederam tal data (o que é normal se tratando da minha pessoa) que não sei como aguentei até o fim. Mas eu consegui. Enfrentei meus fantasmas pessoais e fui em frente. 

Cheguei cedo à faculdade e só de estar ali, meu coração já batia a mil por hora. Olhar pra todos os lados e ver uma diversidade tão grande de pessoas, com estilos e jeitos completamente distintos, não foi nada fácil. Você acaba se sentindo uma coisinha minúscula em meio aquela multidão. Mas não adianta tentar fugir... Para que se possa evoluir como ser humano de maneira geral, é necessário passar por isso. Você só sente que consegue ultrapassar barreiras e vencer medos, quando está exposto ao que mais se teme. É o chamado tratamento de choque. Eu senti isso na pele. 

Fui então para a minha sala, que ficava no 1º andar da faculdade. Entrei e acho que fiquei esperando mais ou menos meia hora até que a prova fosse iniciada. Já tinham outras pessoas lá e até um ‘‘engraçadinho’’ que ficava fazendo piadinhas pra chamar a atenção. 

Apesar de 3 horas terem passado tão rapidamente, a situação fluiu muito bem.  Quando a manhã daquele sábado quente foi chegando ao fim, eu percebi que algo havia mudado dentro de mim. Eu já não era mais a mesma. Sem querer, amadureci. E fico feliz que isso tenha acontecido quando mais precisei de uma dose extra de vida à minha tão pacata existência.



Observação: Me desculpem pela demora desse post, mas com o fim do Enem 2011, resolvi terminar esse texto hoje. E ah, eu passei para o curso de Jornalismo desse vestibular ai. =)


Música da Semana

I Hope You Dance (Eu Espero Que Você Dance)

 


Eu ouvi essa música, no final do episódio 14 da 3ª temporada de Cold Case, e me apaixonei por tamanha beleza, tanto na melodia quanto na letra. Então corri pro Google para pesquisar o nome da música e descobri nesse blog aqui . 


Tradução:


Eu espero que você nunca perca seu senso de maravilha,
Que você coma o suficiente mas sempre mantenha essa fome,
Que você nunca apenas respire,
Deus proíba qualquer amor que deixe você vazio,
Eu espero que você ainda se sinta pequeno quando você parar do lado do oceano,
Quando uma porta fechar eu espero que mais uma se abra,
Me prometa que você dará ao destino uma chance de lutar
E quando você tiver que escolher entre sentar ou dançar

Eu espero que você dance.... eu espero que você dance.

Eu espero que você nunca tema aquelas montanhas ao longe,
Nunca amenize para a estrada ao mínimo de resistência
Viver significa arriscar-se, mas vale a pena se arriscar por ela,
Amar pode ser um erro, mas vale fazê-lo,
Não deixe nenhum coração infernal maluco deixar você amargo,
Quando você estiver perto de trair, pense melhor,
Dê aos céus lá em cima mais do que apenas uma rápida olhada,
E quando você tiver que escolher entre sentar ou dançar.

Eu espero que você dance.... eu espero que você dance.
Eu espero que você dance.... eu espero que você dance.
(O tempo é uma roda em movimento constante sempre nos levando junto,
Me conte quem quer olha para trás nos seus anos e imaginar para onde esses anos se foram.)

Eu espero que você ainda se sinta pequeno quando você parar do lado do oceano,
Quando uma porta fechar eu espero que mais uma se abra,
Me prometa que você dará ao destino uma chance de lutar
E quando você tiver que escolher entre sentar ou dançar

Dance... eu espero que você dance.
Eu espero que você dance.... eu espero que você dance.
Eu espero que você dance.... eu espero que você dance.
(O tempo é uma roda em movimento constante sempre nos levando junto,
Me conte quem quer olha para trás nos seus anos e imaginar para onde esses anos se foram.)

Guia Prático de Como Sobreviver ao ENEM - Parte 2

quinta-feira, 20 de outubro de 2011




Mais dicas que fazem a diferença na hora do ENEM:

Karina Sakata, 21 anos – São Paulo – Ela é uma brasileira que não desiste nunca de fazer Enem e fará a prova até o ano em que todas a universidades públicas, ou a maioria, abolirem os vestibulares.
Bom, faço Enem desde meu término do Ensino Médio quando ainda eram 63 questões e uma redação, e desde sempre recebia dicas do que comer durante a prova, uns falam que chocolate é bom e outros falavam que dá ansiedade, mas sempre levei. Água é sempre necessário, mesmo que alguns ficam tão concentrados e se esquecem de ter sede. É bom descansar e dormir bem antes da prova, mas quem disse que isso funciona? Fica a dica. Como o Enem é uma prova longa, e no dia da redação o tempo para resolver as questões de matemática (Deus!) e português, fica curto, dou a dica para o povo primeiramente SÓ ler o tema da redação e fazer as questões, porque normalmente o tema da redação é abordado durante a prova e ajudará na elaboração do texto. No decorrer da prova, marque uns tópicos que achar importante para a redação, além de resolver a prova, estará pensando na mesma. Quanto às questões, RESOLVA AQUELAS QUE TÊM CERTEZA, marque as quem tem dúvida para voltar depois e aquelas que não sabe, pule mesmo e não perca tempo. Volte para elas depois. Uma forma de descansar na prova que arranjei é marcar essas questões com certeza de acerto no gabarito, até porque você não terá tempo para passar a limpo a redação e o gabarito, e você terá noção de quantas questões acertou. O Enem possui textos que serão base de várias questões. O que todo mundo aconselha e nunca ninguém fará: CALMA durante a prova e DESCANSEM bem, muitos desistem de ir no domingo porque não conseguiram resolver várias perguntas no sábado.



Mayara Madson, 19 anos – Ceará - (Estudante de Ciências Contábeis – UFC)
Vamos começar com o antes da prova. Na sexta feira nada de estudar e nem sair para festas. Converse com seus amigos, namore, enfim, faça coisas prazerosas, que irão lhe acalmar e fazer esquecer um pouco da prova, se é que isso é possível. Durma cedo,  oitos horas nesse dia são altamente necessárias. No sábado, assim que acordar tome um banho e quanto mais gelado for melhor, a água gelada ajuda na circulação do sangue. Lanche pouco, afinal você vai ter que almoçar cedo. Antes do almoço tome outro banho, você passará uma tarde inteira fora de casa e não sei qual a situação da cidade (quente ou fria) e do colégio (com ou sem ar-condicionado) que você fará a prova, mas o calor nessas horas não é um bom aliado. Almoce normalmente, não se empanturre de comida pra não correr o risco de passar mal na hora do exame.
E na hora da prova? Chegue meia hora antes, chegar muito cedo causa agonia, chega muito tarde causa desespero, e lembre-se que estamos em horário de verão. Leve comida e água, eu levei biscoito, mas você deve levar algo que vai te sustentar da metade da prova pra frente. Logo balinhas não são aconselháveis. Selecione entre chocolates, biscoitos, barras de cereais, coisas desse tipo. Água é indispensável, e eu aconselho a levar de casa ou de um local onde você conhece a procedência. Não se esqueça de levar várias canetas, nunca apenas uma, vai que ela falha. Ah, já ai esquecendo, não esqueça os documentos, sem eles você não poderá fazer a sua prova
Depois da prova no sábado, ao chegar a casa deite-se e descanse, não confira a prova nem com seu irmão que irá fazer também, piorou com o gabarito oficial, se sua pontuação não for grande coisa, você ficará desmotivado e provavelmente cairá de rendimento no segundo dia. Descanse, essa é a palavra chave, DESCANSE, você terá outra maratona no outro dia. No domingo, ao chegar à prova, faça primeiro a redação, o ENEM é cansativo e fazer uma redação com pouco tempo e cansado é quase impossível, outra, as questões de português e matemática podem ser chutadas, a dissertação não, além disso, a sua nota depende muito da sua redação, logo ela deve ser bem desenvolvida. Mas cuidado, a sua composição tem ser feita em no máximo uma hora, perder muito tempo nela, é faltar tempo para as outras provas. Faça o seu rascunho e parta para matemática e português. Qual fazer primeiro, a escolha é sua. Transcreva a redação no final, porque depois de um tempo você consegue ver erros que antes não via.
O ENEM não é nenhum “bicho de sete cabeças”.  Vá para a prova confiante e espere o SISU confiante. Espero que tenha ajudado com essas dicas, mas lembre-se, são apenas dicas, se você achar que não irá se adaptar bem a elas, não as faça.



Erimax Felix, 21 anos – Ceará – (Administração de Empresas na Fanor do grupo americano DeVry University)

A ansiedade no começo é muito grande para saber como é a prova e vi gente que começou a suar. No dia, comprei simplesmente uma garrafinha de água mineral e comi um sanduíche natural antes. Comer durante a prova acaba tirando sua concentração, por exemplo, em uma prova de cálculo como matemática.
 
Chocolate é realmente tão bom assim para durante a prova?

Bom, eu particularmente gosto de chocolate, contudo no dia preferi não consumir para não tirar minha atenção. Dizem que relaxa, mas acredito que beber água funciona melhor, pois literalmente "resfria" sua cabeça.
 
Uma ''ordem'' para resolver as questões?

Tente, ao menos, ler as matérias que você tem dificuldades. Um exemplo, nunca tive problemas com ortografia, gramática e formulação de textos, contudo além do que eu já sabia sobre o tema da redação no tempo que era Amazônia, encontrei muitos exemplos ou explicações sobre algumas coisas que não tinha certeza que ia colocar na redação na parte de geografia que era uma matéria que eu ainda tinha algumas dúvida. Redação, eu fiz por último, pois já tinha uma noção sobre o assunto também já a partir da prova. Resumindo, leia superficialmente as matérias difíceis e capriche nas matérias que você tenha domínio.

Preocupo-me mais com o tempo ou em resolver as questões com pelo menos um pouco de certeza?

Eu me preocupei mais em acertar a maior quantidade possível de questões, COM TODA A CERTEZA QUE EU TIVESSE, depois como eu já tinha lido as questões mais difíceis superficialmente, eu já tinha uma base do que tratavam, então não lia com tanta atenção assim como dediquei nas questões em que não havia lido. Apesar disso que falei, você precisa sempre consultar a hora com o fiscal que estiver na sala, pois terá uma base se está indo muito devagar.

Outras observações:Durma 8h de sono antes de ir fazer a prova; Não se intimide com a quantidade de pessoas que você vê no dia da prova. Digamos que tenhamos 1000 alunos e daí você quer sair como o selecionado, então você diz para si mesmo: Se são 1000 alunos e são poucas vagas para o curso que você quer, problema dos 999, pois uma vaga já é minha; Relaxe! Não será a última prova da sua vida e muito menos a mais decisiva. Contudo, dê o melhor de si e faça com que as pessoas lhe vejam como um exemplo futuramente, ainda mais se você estudar ou estudou em escola pública, pois muitos dizem que tem desvantagem. Quando você entra em uma faculdade, você não é diferente porque é Federal, Estadual ou privada, mas pelo seu desempenho como universitário.


Caso não dê certo, você TENTA DE NOVO. 
O importante é NÃO DESISTIR NUNCA!

Como está a sua expectativa para ENEM? 
Conta pra gente ai nos comentários =)

Guia Prático de Como Sobreviver ao ENEM

quarta-feira, 19 de outubro de 2011



Dias 22 e 23 de outubro estão chegando... E o que isso significa? Que o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) está batendo na nossa porta. A contagem regressiva está intensa. Assemelha-se a do ano novo, pois assim como esse, o ENEM representa o início de uma nova Era na vida de milhões de jovens brasileiros. Uma etapa da nossa vida é concluída e um leque de decisões para o futuro é aberto.

Como todos dizem, ‘‘o ENEM é a principal porta para ingressar nas universidades’’ pois através dele, é possível encontrar meios para que cursar o Ensino Superior, seja algo que não pese tanto no bolso, sendo assim, um sonho possível para as mais diversas camadas da população. E atualmente, o Exame ganhou profundas proporções, que se tornou a fase única para que os estudantes ingressem em universidades e institutos federais.

O ENEM é então, uma extensa e cansativa prova, que irá testar seus conhecimentos aprendidos na escola durante todos esses anos e o que conseguiu assimilar sobre os acontecimentos no mundo ao seu redor. Além disso, é também uma prova de resistência tanto física quanto mental. 

2 dias, 180 questões, máximo de 10 horas sentado nessa maratona. Fora os dias que antecedem a mesma, que sem dúvida, toda a ansiedade e nervosismo que você estava nutrindo em meses, irão chegar a picos elevadíssimos.  

Buscando auxiliá-los e a mim também, haja vista que também irei fazer o ENEM pela 1ª vez, o Blog DEScomplicando solicitou a ajuda de pessoas que já passaram por tal experiência e que poderia contribuir  com ‘‘dicas de como sobreviver ao ENEM’’. O momento não é mais de assimilar novos conteúdos e sim, focar no fato de que a hora para provar (para si mesmo) o que sabe, chegou.

Vamos às dicas dos experts no assunto:

Camila Ferreira, 27 anos - Ceará - (Licenciatura em Matemática na Universidade Federal do Ceará e Engenharia da Computação no IFCE): Já fiz a prova do Enem algumas vezes. Primeiro, vá bem alimentado "porque saco vazio não para em pé"; Segundo sempre leve água e comida (eu prefiro frutas porque chocolate me acalma tanto, que me dá sono); E por fim, sempre que se sentir muito cansada de um jeito fazer alongamento. Chocolate não é ruim, ele é um ótimo energético, porém quando estou ansiosa ele me dá sono, isso é no meu caso talvez não seja o seu. E quanto aos alongamentos eu esticava tudo braços, pernas, pescoço e se isso não desse jeito eu pedia pra ir ao banheiro (pretexto pra molhar o rosto e me alongar mais um pouco). Outras dicas: vá o mais confortável possível, vá conhecer seu local de prova pra saber que tipo de roupa você poderia ir, tipo se o colégio tem salas com aparelhos de ar-condicionado e você sente frio com facilidade, leve agasalhos.

 
Coraline Gerab, 19 anos - São Paulo - (Desing de Moda - Anhembi Morumbi): Bom, na sexta feira anterior ao final de semana do Enem, eu agi normalmente, fui para escola de manhã, depois fui direto para o curso e como de costume voltei cansada. Jantei, tomei banho e dormi cedo, não peguei nem um livro para estudar de noite, e literalmente consegui ficar sossegada. Eu acho que não se deve estudar na sexta de noite ou no sábado de manhã, você não vai conseguir estudar o conteúdo de 1 ano, ou mais, em algumas horas, isso só vai te cansar. O que é necessário fazer é dormir de noite e acordar bem disposta. Eu já conhecia a faculdade onde fui fazer a prova, era pertinho de casa, mas se você não conhece o lugar, chegue cedo, pois eles não deixam de forma nenhuma, alguém entrar atrasado. Eu levei alguns chocolates, mas só por levar, já tinha almoçado um pouco antes, eu acho que a alimentação (almoço) deve ser algo que te sustente, mas não precisa mudar a sua rotina, coma algo que você sabe que cai bem ou diariamente. Cheguei à sala, meia hora antes, não tinha quase ninguém, levei um susto, porque eu não tinha recebido um papel do correio que tinha que entregar, tinha visto a minha sala pelo site, mas só com o RG consegui fazer a prova. O ruim da minha sala era que as carteiras eram universitárias e a prova era enorme, maior que o espaço da carteira, eu odeio aquelas carteiras e ficar horas nelas, é de se ficar dolorida. Qualquer barulho na sala é impossível não notar. Por isso leve para comer algo que não faça barulho, no segundo dia, tinha uma mulher com coca - cola e doritos e mais um monte de coisas, fazendo o maior barulho. E outra coisa importante, se você por acaso notar que o povo já está na redação e você está na prova ainda... NÃO SE APAVORE! 


E ai? Gostaram das ''dicas de sucesso''? Próximo post tem mais! Ah e não esqueça de deixar seu comentário viu?

Sobre Coração, Mente e Tudo que já Passou

quarta-feira, 12 de outubro de 2011



Coração e Mente, ficam aqui juntos, com essa sensação louca de estarem revirando o baú empoeirado das memórias e remoendo um passado que há muito tempo não lhes pertence. Começam inevitavelmente a buscar no esquecimento de pensamentos, tudo que deveria ter sido e não foi, tudo que deveria ter sido pronunciado e ficou apenas no silêncio eterno.  

Coração e Mente, sentem extremas saudades daquela época. Saudades do que foi bom, do que poderia ter sido melhor ainda, e deixaram que o vento levasse.  E levou consigo também, todas as esperanças de um futuro completamente diferente. O passado foi traçado por caminhos tortuosos, o presente tornou-se isso que podem ver, mas não sentir e realmente viver e o futuro... Ah, o futuro! Dele nada se pode ter a certeza da concretização.

Coração e Mente, continuaram seguindo o caminho, mas as marcas do passado fincaram como quem crava uma estaca no peito do oprimido. O que foi vivido neste período, não volta mais. Nunca mais. E o que Coração e Mente, tanto quiseram ter? Essas pessoas saíram de seu campo de visão e não podem retornar. Essas pessoas se deixaram levar pelo o que os outros iriam pensar e perderam a oportunidade de tentar ser feliz.

Coração e Mente, sofreram, foram machucados, fizeram drama e derramaram muitas lágrimas, muitas mesmo. Só queriam o que todo Coração e Mente sempre quer. Amenizar ou acabar com a solidão.

Parabéns, Pitty!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Este post é apenas para  a data, não passar completamente em branco. 
Hoje é aniversário da minha cantora preferida, Priscilla Novaes Leone, mais conhecida como PITTY. Para mim, ela representa muito mais do que uma cantora, é minha inspiração poética, é minha referência de beleza feminina, criatividade e estilo. Falem o que quiserem, mas a Pitty é perfeita em todos os sentidos. Uma verdadeira DIVA, que através de suas músicas, nos conta sobre seu mundo e ao mesmo tempo, reflete o nosso sentimento sobre papel de ser mulher perante uma sociedade tão cheia de preconceitos e limitações, em relação a vida  e principalmente sobre o amor.

No Rock In Rio 2011

''Tô aproveitando cada segundo
Antes que isso aqui vire uma tragédia''
 
(Na Sua Estante)



''Até parece que você já tinha
O meu manual de instruções
Porque você decifra os meus sonhos
Porque você sabe o que eu gosto
E porque quando você me abraça
O mundo gira devagar''
(Equalize)


No clipe da música ''Fracasso''


''Eu, chorando
Com essa cara toda amassada
Com esse olho em carne viva, retalhada
E esse nariz que não pára de escorrer''
(Água Contida)



''Até achava que aqui batia um coração
Nada é orgânico, é tudo programado
E eu achando que tinha me libertado
Mas lá vem eles novamente
E eu sei o que vão fazer:
Reinstalar o sistema''
(Admirável Chip Novo)

Pitty e Martin, trabalham juntos também, no projeto paralelo ''Agridoce''


''Eu sou uma contradição e foge da minha mão
Fazer com que tudo que eu digo faça algum sentido
Eu quis me perder por aí fingindo muito bem
Que eu nunca precisei de um lugar só meu ''
(Memórias) 



''Eu não sou o meu carro
Eu não sou meu cabelo
Esse nome não sou eu
Muito menos esse corpo
Não tenho cor nem cheiro
Não pertenço a lugar algum
Eu posso ir e vir como eu quero
Nada me toca nem aprisiona''
(Só de Passagem)



''Quando tá escuro e ninguém me vê
Quando tá escuro, eu enxergo melhor
Quando tá escuro, te vejo brilhar
É onde eu fico à vontade, sem medo da claridade
Passo o dia inteiro esperando a noite chegar
Porque não há mais nada que eu queira fazer''
(No Escuro)




''I wanna be away from here [Eu quero estar longe daqui]
Quando essa bomba explodir
I wanna be away from here [Eu quero estar longe daqui]
Quando essa bomba explodir'' 
(I Wanna Be) 
inpiração para um poema meu 




''A despeito de tanto mestrado
Ganha menos que o namorado
E não entende porque
Tem talento de equilibrista
Ela é muita se você quer saber
Hoje aos 30 é melhor que aos 18
Nem Balzac poderia prever
Depois do lar, do trabalho e dos filhos
Ainda vai pra nigth ferver ''
(Desconstruindo Amélia)




''Tantas decepções eu já vivi
Aquela foi de longe a mais cruel
Um silêncio profundo e declarei:
Só não desonre o meu nome! ''
(Me Adora)
 


Quer saber mais sobre a Pitty e sua história no Rock Nacional? Acesse ao site oficial 

Trechos das músicas via Letras Terra 

All those crazy things you said (8'

quarta-feira, 5 de outubro de 2011


Olá pessoas lindas, quanto tempo não é? Pois é, tia Viick tá na área novamente e hoje com post mais sentimental. Hoje eu vim aqui falar sobre pessoas que amamos, mas que não nos amam e sempre nos deixam nas piores horas. 

Quantas vezes você precisou de alguém e este alguém não esteve lá?

Garotas, eu não estou falando só do seu namorado, peguete... Não apenas nisso, estou falando dos amigos também. Estou falando, de gostar tanto de alguém, se doar a ela, e nada ser correspondido. Cansa não é? Cansa você sempre fazer tudo e outro não fazer nada. Cansa ser ignorado, pisado, maltratado e ter pouca importância na vida de quem você sempre achou que teria. Pessoas, por favor, parem de iludir umas as outras.

Garotos parem de partir os corações das garotas.
Garotas parem de agir como idiotas com garotos bons, parem de dar importância aos babacas que não merecem a atenção de vocês.

Amigos parem de fingir serem amigos de quem você nem se quer tem respeito.
'Amigos' parem de ficar se infiltrando na vida dos outros só para ter o que relatar na sua roda do 'veneno'. Pessoas parem de ser tão malvados e levar tudo para o lado que mais lhe favorece. Parem de não ter valor, pensem.

Não se aproveite de alguém que está frágil. Não saia por ai dando 'atenção' a alguém que você vai abandonar quando ela mais precisar. Pare de querer sempre algo em troca. Andam se esquecendo sabe do que? Que o amor em suas várias formas, tem que ser doado sem esperar nada em troca, sem segundas, terceiras, ou seja, lá quais intenções forem. Humanidade será este o fim dos tempos?
Onde está o amor ao próximo? Onde estão os valores?
Apesar de tudo, lembrem-se, ser pisado, abandonado, mal tratado, pode te deixar triste, porém mais tarde te tornas mais forte.
Só uma coisa, uma dica muito especial, nunca deixe que apaguem o brilho da sua alma. Sua essência é que há de mais fundamental na sua vida. Pois, ela é responsável por tudo que você acredita e te impede assim, de fazer algo que vá contra os seus princípios.
Uma coisa eu aprendi, mesmo que pareça que sempre te fazem mal, faça o bem...
Uma hora ou outra ele volta para você. É a lei da ação e reação da vida. 

#STAYSTRONG.

Post by: Victória Lima, a tia Viick *-*
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...