Só pro dia da poesia não passar em branco...

quinta-feira, 14 de março de 2013

Imagem daqui.



Pra aprender a gostar de mim,
Tem que entender que sou assim.
Ponto e fim.

Não sou tua,
Não sou crua.
Não me encontrará jogada na rua.

Faço drama.
Me sujo na lama.
Caio esparramada na cama.

Dou pitaco.
Fico um caco.
E quem sabe, até descasco.

Não sou fácil,
Nem venho com ‘passo a passo’.
Mas eu faço, ô se faço.

Se quiser me descobrir,
Não pode chegar e mentir.
Tem que me fazer sorrir.

Se quiser ao meu lado ficar.
Tem que querer amar.
Sem a perfeição esperar. 











4 comentários:

  1. Lindoooooooooooooooooooooooo ♥

    ResponderExcluir
  2. "Tem que querer amar.
    Sem a perfeição esperar." bem assim, pois ninguém é perfeito!!! Curti o poema ^^

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua poesia, especialmente essa parte "Não sou tua, Não sou crua."
    Parabéns!
    bjs

    ResponderExcluir

Deixe a sua opinião sobre o post acima! Juro que não vai doer nada :)

OBSERVAÇÃO: Xingamentos ou comentários que fujam, completamente, do assunto tratado no post, serão DESCONSIDERADOS!

Obrigada e volte sempre! ;*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...