Hidden Love

terça-feira, 25 de outubro de 2011


Eu te amo aqui, quieta no meu canto. Amo-te do meu jeito e não quero que me digam formas para te amar. Só eu, conheço você de verdade. Só eu sei, que por trás dessa casca estilo ‘’não faço questão alguma de ser legal’’, você acaba sendo super legal comigo. 

Aconteceram mudanças e você fez parte delas. Você está renovado. Mais doce. Um pouco ainda amargo. 

Mas agora eu te amo intensamente. Com cautela. Estou na espera. 

Minha visão sobre você se transformou. Vejo-te mais humano, mais próximo a mim. Antes você era completamente distante. Não dizia não nem sim. Agora o globo girou. Virou. Revirou. E você veio parar do meu lado. Mas de nada adianta, pois para o vento não posso gritar que te amo. As árvores podem espalhar segredos. As folhas podem criar exageros.

Estou aqui, ainda parada no mesmo lugar. Não fui te procurar. Apenas meus olhos te caçavam. Continuo aqui, e você insiste em atiçar o que dentro de mim não pode existir.

Um comentário:

  1. Amor em segredo é tão fofo e ao mesmo tempo tão dolorso...

    ResponderExcluir

Deixe a sua opinião sobre o post acima! Juro que não vai doer nada :)

OBSERVAÇÃO: Xingamentos ou comentários que fujam, completamente, do assunto tratado no post, serão DESCONSIDERADOS!

Obrigada e volte sempre! ;*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...