Das Noites Que Virei.

terça-feira, 31 de julho de 2012


Julho chegando ao fim e eu aqui, onde sempre estive e ninguém nunca me viu. Aspecto cadavérico é pouco para descrever a fisionomia de quem passou pouco mais de um mês indo dormir depois do cantar dos pássaros e do nascer do sol.

Não sei descrever ao certo, só sei que me sinto melhor nas madrugadas. Talvez porque nelas, eu me encontro mais viva, apesar desse cheio de morte que parece me perseguir. Um aroma encravado em meu ser, que levo aonde quer que eu vá. Ouço ruídos de vida pulsante lá fora e a única coisa que eu penso é em minha dor. Sou egoísta, mas caso não repare em mim mesma, quem irá fazer isso no meu lugar?

Eu só queria você aqui perto. Queria fazer dos teus braços, meu moletom. Aconchego. Fazer chamego, como se a madrugada não tivesse mais fim. Tudo uma hora finda, só você que ao meu lado não fica. O sol aquece o mundo mais uma vez e o dia recomeça, a rotina se apressa... Quantas horas ainda faltam para a próxima madrugada? Já estou na espera. 











16 comentários:

  1. Somos da madrugada. Eu amo ficar acordada de madrugada porque é quando eu posso ficar sozinha e pensar, poder rir com o computador sem ter medo de ninguém me ver e pensar que sou louca. É a hora de resolver problemas, de falar com os amigos e de escrever só ouvindo a melodia da música em seu fone de ouvido e nada mais. O mundo desaparece e só existe a gente, é muito intimo. Eu adoro *-* Amei o texto! Super lindo.

    Beijos,
    Monique <3
    http://www.secretsofalittlegirl.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assino embaixo!

      Obrigada pelo seu comentário :)

      Excluir
  2. Quantas madrugadas já fiquei acordada pensando nele, elas se tornaram incontáveis, belo texto garota, são poucos textos que ficam assim mexendo comigo.
    Adoro seu blog, visito toda vez que posso
    beijos.

    shakespearementiu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na madrugada pensamos tanto, que dá um nó na mente.

      Obrigada pelo seu comentário ;D

      Excluir
  3. "E a noite vem pra escurecer o meu ar..."

    Texto muito bom!
    Com certeza somos da madrugada, é nela que surgem as melhores ideias!

    http://1felipebarros.tumblr.com/

    ResponderExcluir
  4. A noite em um efeito poderoso no nosso ser. Seja dormir, virar a noite acordado, ler, refletir ou ver filmes. Mesmo que as vezes o escuro e a madrugada nos pregam alguns sustos, é ótimo!
    Muito bom o texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Madrugadas são 'o poder'.

      Obrigada pelo seu comentário =]

      Excluir
  5. Quanto mais te observo vejo muito de mim em ti. Realmente a madrugada é uma excelente companhia, e uma péssima conselheira. Nos toma a seus braços, com um desejo que fora "alguém" que queremos, e nos "manipula" ao ponto de deixarmos sua escrava por noites, e noites. Talvez seja o silêncio de tudo e todos, ou é que, depois de horas, enfim chega a madrugada, e assim voce têm uma análise melhor do que fora seu dia. É como se fizesse um resumo, e depois tudo ficará mais nítido em nossos pensamentos. Sabe, por vezes fiquei acordada pelo simples fato de saber que alguém em algum lugar pode estar como eu, ou, preciso loucamente transformar essa "montanha-russa" que habita em mim em palavras escritas.

    Amei, mais amei de verdade esse texto.
    Beijo *-*
    http://pamellaferracini.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também faço muito isso: perceber o outro, na gente :)
      Você fez uma análise perfeita do tema.

      Obrigada pelo seu comentário! ;*

      Excluir
  6. Puxa T.T
    Gostei muito do texto, bem realista, e você se sente mesmo nesse lugar. Gosto da madrugada, mas muitas vezes prefiro as manhãs de primavera, ou as de outono, naquele primeiro dia da brisa fria, indicando o fim do interminável verão.

    xoxo
    putmerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, cada um tem um momento específico em que se sente melhor.

      Obrigada pelo seu comentário! *o*

      Excluir
  7. Amei Lene. Me identifiquei abeça também com seu texto, ando parecendo um cadáver também. Sei bem o que é tudo isso que tu diz aê. Somos duas blogayras que ficam na internet direto , tú sabe disso. *---------------* Gostei muito de me aproximar de você e das outras blogayras nessas férias, acho que foi a melhor coisa que aconteceram nelas! Fica com Deus e bom Agosto pra ti :*

    Beijão, Sabrina. (www.spiderwebs.com.br) ♥

    ResponderExcluir
  8. Primeiro acesso aqui, adorei tudo! Você escreve super bem, e tudo está super bonito *-*

    Isabela - Contando Histórias

    ResponderExcluir
  9. Que lindo, Herlene, admiro tanto sua capacidade de descrever tão bem o que tu sente. Parabéns haha *o*
    http://www.senhoritaliberdade.com

    ResponderExcluir

Deixe a sua opinião sobre o post acima! Juro que não vai doer nada :)

OBSERVAÇÃO: Xingamentos ou comentários que fujam, completamente, do assunto tratado no post, serão DESCONSIDERADOS!

Obrigada e volte sempre! ;*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...