Minha fé estremecida.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013



Antes de você começar a ler o texto, quero deixar uma coisa clara: não quis ofender a fé ou crença de ninguém. Cada um acredita no que bem entender. Essa é tal da livre escolha e é através dela que eu também posso emitir minha opinião sobre o assunto. Espero que entenda! Beijos e boa leitura :) 

É incrível o fato de como posso ter certeza de tanta coisa e não saber nadica de nada de várias outras. Por exemplo: eu não sei definir minha crença religiosa ao certo. Na teoria, sou católica. Fui batizada, fiz a primeira comunhão... Mas isso não basta.

Não houve nenhuma mudança em mim que me fizesse encontrar com o Ser Todo Poderoso (como muitos juram ter acontecido), para que Ele fizesse uma transformação em minha vida. Longe disso. Cada dia eu me afasto mais e sinto que isso não me faz bem. Minha fé há tempos anda estremecida.

Sou daquelas que invocam o nome de Deus apenas para pedir alguma ajuda, como se Ele fosse algum tipo de atendente de loja que esnobamos no começo, mas logo chamamos quando não encontramos o que queremos. E isso é errado, eu sei, mas não serei hipócrita ao ponto de afirmar coisas que não condizem com a minha realidade.

Afinal, quem é Deus? Por que desde que me entendo por gente, que me induzem a acreditar nele? Por que não me apresentaram a outras crenças? Por que não me proporcionaram a liberdade de escolha? Gostaria de ter a chance de dizer no que quero ou não acreditar e não ter que nutrir uma fé cuja origem eu desconheço.

E o que realmente me revolta são os fanáticos religiosos e são eles, aliados à fatores negativos meus, que me fazem ficar cada vez mais distante do caminho dessa fé. Não suporto quem emana ladainha de religião 24 horas por dia, 7 dias por semana. Isso pode ser até fé demais na qual a pessoa está imersa, mas tudo tem limite. Num país onde não se pode desviar de rumo e onde a maioria é católica, virar a cara diante disso é como dizer ‘ei, sou diferente e não acredito e nem quero fazer tudo que a Igreja ordena e a bíblia é só mais um livro qualquer pra mim. Julguem-me’.

Minha intenção não é de pagar de radical extrema ou revoltadinha, só queria deixar claro o quão complicado é todo esse lance de religião e Deus pra mim. Creio que preciso ler mais. Sobre tudo e todos. Desculpe quem se sentir ofendido com o que escrevi, mas só quero encontrar o meu lugar nesse mundo e espero estar perto disso. Não é fácil estar perdida e desorientada assim. 










2 comentários:

  1. oi flor te seguindo! vem conhecer meu cantinho *-* e retribui,pinkbjs. http://pinkbelezura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o seu texto. É bem isso que sinto.
    Meu pai, digamos que tem um certo vício na religião. Quando eu falo que não acredito muito na bíblia, meus próprios amigos ficam me julgando, que sou ateia e tals, mas e se eu fosse? Iria mudar a amizade?
    Religião é um assunto polêmico, não deveria ser, mas é..

    Seguindo aqui
    Gabrielle com dois L

    ResponderExcluir

Deixe a sua opinião sobre o post acima! Juro que não vai doer nada :)

OBSERVAÇÃO: Xingamentos ou comentários que fujam, completamente, do assunto tratado no post, serão DESCONSIDERADOS!

Obrigada e volte sempre! ;*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...